terça-feira, 29 de março de 2011

TER MIASTENIA É...

Ter Miastenia é estar preso no próprio corpo
Mas livre no coração
Ter os movimentos restritos
Aprender a se guiar pela emoção
Às vezes da vontade de exteriorizar a angustia em grito
Essa inércia que prende o corpo a alma
O obriga a ficar parado, lento, quieto...
A palavra se cala
E mesmo querendo quebrar a quietude
Os lábios se fecham numa falsa calma
É saber não ser mudo
Mas ter tolhida a palavra
Os olhos querem vislumbrar o mundo
Por baixo de pálpebras já tão cansadas
Parece eterno cada segundo
Que tentamos ver o rosto d’uma pessoa amada
Às vezes o abraço fica difícil
As pernas não nos levam pra dançar
O corpo todo fica impreciso
Da vontade de chorar
Parece que nunca mais vamos sair disso
O abraço se perde...
A palavra se cala...
A comida já não desce...
A boca recusa a fala...
As pernas não obedecem...
Parece que o corpo todo esmoesse, amolece, padece...

Mas temos o tempo a nosso favor
Temos tempo pra pensar
Aproveitamos cada momento
Pra cultivar o amar
Pra saborear o minuto
Observar a vida passar
Sem deixar q ela nos leve
Não perder a oportunidade de gargalhar
De sorrir, de viver
De sentir uma lágrima rolar....
Ter certeza que não estamos aqui para perder!
E a Miastenia nos ensina a ganhar
Estabelecendo o limite do corpo
Respeitando nossa vontade
Conquistar o que queremos pouco a pouco
Com calma e passividade
Aproveitar cada minuto da vida
Pois hoje sei q Deus me marcou
Pra não me perder de vista

15 comentários:

  1. Adorei, vou ler p meus pais.
    seguindo aqui viu
    beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  2. Oi, é meu sim!! Escrevi a uns 10 anos, adoro escrever, acho que consegui expressar um pouco do que é ter miastenia, que bom q gostou. Regi

    ResponderExcluir
  3. Esse texto além de muito bonito retrata exatamente o que é e como nos sentimos em relação à miastenia.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Adorei.Vc conseguiu expressar o que todos nós gostaríamos de dizer.

    ResponderExcluir
  5. Confesso que rolou lágrimas ao ler seu texto. Se me permite vou imprimir e colocar numa moldura em lugar de destaque. Vc disse tudo.Estou muito feliz por vc existir. Sinto que temos muito além da MG em comum.
    Deus te abençoe sempre!

    ResponderExcluir
  6. obrigada Cleusa, é muito bom receber esse retorno de vcs.
    Bj

    ResponderExcluir
  7. Olá tenho Miastenia e fiquei também bastante emocionado com seu poema, tocou meu coraçao,retrata exatamente o que sinto em meu dia á dia. Parabéns pela Inspiração e Excelente Texto. Que Deus lhe abençoe Sempre !!!Vou também se me permite imprimir seu texto e deixar em uma moldura. Wladimir

    ResponderExcluir
  8. É dificil não chorar ao ler algo que expressa tão bem o que sentimos e as vezes achamos que ninguém entende. É bom saber que não estamos sozinhos que existem pessoas especiais como vc que com suas palavras nos consola. tbm tenho miastenia e to esperando um bebe, to feliz e muito ansiosa.. parabéns pelo texto. Que Deus te guarde!!!!!!!! keila

    ResponderExcluir
  9. Querida por favor, gostaria que vc ou alguém que tenha miastenia entre em contato comigo!

    ResponderExcluir
  10. A poesia eh muito linda!

    Descobri com ela que a poesia eh anti-miastenica.

    Coloquei no meu blog tambem.

    http://fundodasaguas.blogspot.com.br/2016/07/poema-miastenia-gravis.html

    Abraco!

    ResponderExcluir
  11. Eu estudando sobre a MG para um estudo de caso, aí me deparo com isso! Também me emocionei, suas palavras tocam o leitor (isso é raro)... Parabéns e obrigada pelo lindo texo! :)

    ResponderExcluir